Tv Sucesso bane o vídeo “Bunda” de Bander, e Bander Chama Dj Júnior de invejoso

Bander
Entretenimento
Depois de banirem o seu vídeo intitulado “Bundas” Bander discorda do DJ Júnior

Depois de banirem o seu vídeo num canal televisivo, Bander foi intimado para reagir.
DJ Junior defendeu que o vídeo deve ser banido porque segundo o mesmo, um vídeo que mostra mulheres de fio dental e bundas, não pode ser considerado normal pela sociedade moçambicana, é mau exemplo para as crianças. Júnior diz ainda que Bander devia refazer ou censurar o vídeo, antes de entregar as TVs.

Bander não concorda com Júnior e explica porquê:
“Meu vídeo é igual ao de Mr. Bow Massinguitane, da Liza James. Não sei se é desprezo, quando falam que crianças estão a assistir, devo deixar claro que meu filho só liga TV para ver bonecos, a maioria dos programas de entretenimento não são feitos para criança, meu filho não assiste estes programas, meu vídeo tem padrão internacional, quem disse que meu filho deve ouvir as músicas de Damásio que falam de amor ao sexo oposto. O próprio DJ Junior tem um vídeo a tomar cerveja, e depois vem criticar-me, que moral ele tem para fazê-lo”.

Ele ainda acrescenta que: “lá fora (Europa, América) censuram a música, quando tem palavras obscenas, não o vídeo. Quem tem a responsabilidade de censurar o vídeo é o canal que vai passar o vídeo, não o artista.
É preciso realçar que antes mesmo de comentar sobre o assunto, Bander pede para rolarem um dos seus shows, com muitos fãs a cantarem a polémica música “bundas”.

O Júnior pode estar coberto de razão, mas também temos que fazer uma introspecção para saber qual é o objetivo de Bander quando lança músicas deste gênero.

Existem de facto artistas que fazem músicas educativas, mas já parou para perceber se o objetivo de Bander é educar ou não?
Os seus shows tem o seu público e não são poucas pessoas que pagam para vê-lo.
Se as pessoas acham que as suas músicas não são educativas, então porque é que afluem aos seus shows e vibram de alegria.

Ambos tem razão sob o seu ângulo, mas temos que olhar os dois ângulos.
Apesar de suas músicas não serem educativas, o Bander quer vender a sua música, os seus shows.
E se ele falasse de educação, saúde, Malaria, cólera, economía nas suas músicas, será que o público afluiria aos seus shows? Ele leva jeito para abordar estes assuntos?

 

Escrito Por: Ritual do hip pop

Publicado: INTERMZ

Moçambique Interativo

 

Não deixe de ver:

Bander obrigado a retirar o alcunha rapper do povo e passar a ser rapper do p##no

Azagaia a caminho do Brasil para representar o país

Cantora Moçambicana troca o palco pela prostitu*ção na baixa para o auto-sustento

Related posts

Desta vez sem nenhum Angolano Moçambique vai parar com um grande Show de artistas Estrangeiros e Nacionais.

Daycon Frans

Hoje, Estreia La Casa De Papel

Daycon Frans

C4 Pedro liga para Fred Jossias e agradece

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais