PRM detém antigo deputado da Renamo em conexão com os ataques armados na zona Centro

News

 

A informação foi tornada pública esta segunda-feira, 13 de Janeiro, por Mário Tamele, Chefe do Departamento de Investigação e Instrução Criminal em Sofala. Segundo Tamele, Sandura “é indiciado de crime de conspiração”. Segundo a fonte, “Conspiração leva a tudo isto. Desde actos preparatórios, recrutamento até ataques em directo”, afirmou.

Sandura Ambrósio foi deputado da Assembleia da República pela Renamo de 2015 a 2020, mas não conseguiu renovar o seu mandato, desta vez, concorrendo pelo Movimento Democrático de Moçambique. Diferentemente da Assembleia da República, Sandura Ambrósio conseguiu eleição para membro da Assembleia Provincial e a sua detenção ocorre dias antes da data prevista para a tomada de posse, marcada para esta sexta-feira, 17 de Janeiro.

Não deixe de ver:  PGR notifica os membros Sêniores da RENAMO devido aos ataques na zona centro

Related posts

Comandante geral da PRM confirma o uso de viaturas da Polícia pelos insurgentes em Cabo Delgado

Daycon Frans

Papa Francisco irrita-se e da chapada á um fiel

Daycon Frans

Eleições: Filho de Dhlakama é a nova estrela dos comícios da RENAMO e arrasta multidões

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais