Direitos dos autores reservados!

Ossufo Momade exigido a dividir o país na Zambézia

News

Membros e simpatizantes, do partido RENAMO na Zambézia, consideram de fraudulentas as eleições gerais e provinciais de 15 de Outubro passado, que dão vitoria o partido FRELIMO no país.

Os militantes desta formação política, exigem a tomada de medidas, para a reconsideração dos resultados do último pleito eleitoral que segundo afirmam dão vitória ao partido RENAMO.

Este Sábado (09) em Quelimane, num comício orientado pelo Presidente da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), Ossufo Momade, os membros e simpatizantes deste partido, exigiram a divisão do país a partir do Rio Save para a zona centro e norte do país, onde segundo afirmaram, a RENAMO sagrou-se vencedora.
“Eu carrego comigo sacos de reclamações do povo zambeziano. A RENAMO nunca perdeu as eleições em Moçambique.

A FRELIMO usou a polícia e boletins falsos para ganhar as eleições. Pedimos para não admitir negociações fraudulentas. O povo zambeziano está a pedir para dividir o país, cortando a partir do Rio Save”-realçou um dos membros da RENAMO.

O Presidente da Renamo, Ossufo Momade que trabalha desde este Sábado (09) em Quelimane, prometeu cumprir a vontade do povo caso o assunto seja aceite e aprovado pela comissão nacional do seu partido.

Samachar

Veja também: 

RENAMO: Frelimo ,TVM , TV Sucesso E TV Miramar Criaram Nhongo E O Terror

Nyusi continua se estranhando com Guebuza e Pachinuapa

Nhongo assegura que Nyusi não vai governar nas 06 províncias do centro e norte

Não deixe de ver:  Tentativas de manipulação marcam votação em Moçambique

Related posts

CNE reconhece que houve irregularidades nas eleições

Mário StifLer

Calou-se para sempre o criador da marrabenta “Wena unga yali”, Gabriel Chiau (1939 – 2019)

Mário StifLer

Que fazem militares russos em Moçambique?

Mário StifLer

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais