Menor morre após pisar um engenho explosivo

News

Menor morre após ter pisado num engenho explosivo próximo do quartel militar de Boquisso

 

Menor de sete anos morre depois de supostamente ter pisado num engenho explosivo, próximo do quartel militar de Boquisso, na Matola. Os moradores da zona dizem que não é a primeira vez que casos desta natureza acontecem.

O incidente ocorreu na manhã desta sexta-feira quando o menor brincava com amigos nas proximidades da sua casa, no bairro Boquisso. Testemunhas contam que ouviram a explosão e viram fumaça no local onde as crianças estavam a brincar.

Alguns moradores contam que este pode não ser o primeiro caso de morte originada por explosivos, uma vez que há registo de pessoas que sumiram sem deixar rastos.

“O País” tentou ir à casa da família do menor, mas um senhor, que se identificou como sendo tio do finado, impediu a entrada, justificando que não queria a presença de estranhos. A situação gerou agitação dos vizinhos, que o acusaram de tentativa de encobrir o caso.

Não deixe de ver:  Força mista da polícia volta a baixa e surprende os vendedores no meio da madrugada

Related posts

Jovem acusado de portar Telescópio de proveniência duvidosa liberado após apresentar documentos

Mário StifLer

Mais um ministro envolvido nas Dívidas ocultas

Daycon Frans

Empresário perde sua fábrica devido a uma dívida de 1,5 bilhão de Meticais

Mário StifLer

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais