Direitos dos autores reservados!

Junta Militar da Renamo ataca pela Terceira Vez e faz feridos graves

Junta Militar
News

Quatro veículos foram alvo de disparos perto do Rio Pungoé, na fronteira entre os distritos de Gorongosa e Nhamatanda, na província de Sofala, no início da manhã de quarta-feira, 4 de setembro. Não houve mortes, mas cinco pessoas sofreram ferimentos graves e estão sendo tratadas num hospital. Os veículos estavam viajando para o norte de Inchope e continuaram sua jornada quando estavam a ser alvejados.

 

O administrador do distrito de Gorongosa, Sabeti Morais, confirmou os ataques. Acredita-se que os ataques sejam de um grupo dissidente de guerrilheiros da Renamo que rejeita a eleição de Ossufo Momade para Presidente do partido e também o seu recente Acordo de Paz com o Governo. Têm uma base nas montanhas da Gorongosa e ameaçaram inviabilizar as eleições. Eles se autodenominam Junta Militar da Renamo e são liderados por Mariano Nhongo.

 

Este é aparentemente o terceiro ataque do grupo. O segundo foi um ataque em meados de Agosto a uma ambulância transportando membros da Frelimo que viajavam da Gorongosa para o norte até Maringue. O primeiro ocorreu na noite de 1 de Setembro no Posto Administrativo de Nhamadzi, norte de Gorongosa, onde uma pessoa foi baleada no braço Renamo enquanto voltava para casa. (JH/CIP)

 

 

Não deixe de ver:

 

NYUSI ACUSA BEIRA: ACONCHEGO DOS TERRORISTAS É NA BEIRA

Junta Militar diz que confronto junto a base de guerrilheiros não teve baixas

Paises africanos juntam-se e cortam relações com África do Sul

Não deixe de ver:  A Junta militar é a peça-chave que a Frelimo achou para fragilizar a Renamo

Related posts

«25 de Junho é dia da independência ou mudança do colono»

Mário StifLer

Mais uma mulher encontrada com Bolentins de votos preenchidos em Nampula

Mário StifLer

Frelimo Recorda Tragédia De Mbuzini Acidente Que Matou Samora Machel E Mais 32 Pessoas

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais