Homem Assassina Sua Esposa Por Fazer Planeamento Familiar

News

Em plena campanha de activismo pelo fim da violência baseada no género um cidadão assassinou a sua esposa na Província de Inhambane, com recurso a uma catana, porque finada aderiu ao planeamento familiar.

O criminoso de 43 anos de idade, trabalhador na África do Sul, insurgiu-se contra a esposa, de 38 anos de idade, quando descobriu que ela decidiu unilateralmente iniciar o planeamento familiar dos futuros filhos do casal.

Na sequência do desentendimento o cidadão, com recurso a uma catana, tirou a vida da esposa na zona de Mahalamba, no Distrito de Inharime, na Província de Inhambane.

 

Moznews

Veja também: 

Mulher mata marido à facada aos olhos das crianças

Jean Boustani considerado como inocente pelos EUA do caso das dívidas ocultas

Policia de Trânsito chuva promovido hoje à categoria de inspector principal da polícia

Não deixe de ver:  Dívidas Ocultas: Jean Boustani revela ser o "El Pensador" do projecto de proteção costeira de Moçambique

Related posts

Docente detida por suspeita de burlar cidadãos com promessas de emprego na AT

Mário StifLer

Nyusi promete ajuda aos moçambicanos vítimas de xenofobia na África do Sul

Mário StifLer

Agravam-se ataques Xenófobos na África do Sul com mortes e incêndios descontrolados

Mário StifLer

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais