Deslizamento Do Lixo Em Hulene Custou Ao Governo Cerca De Cem Milhões De Meticais

News

O deslizamento de resíduos sólidos na lixeira de Hulene, na cidade de Maputo, custou ao governo, até ao momento, cem milhões de meticais.

Parte do valor serviu para a vedação do recinto da lixeira e acomodação das famílias atingidas pelo incidente.

A informação foi dada a conhecer esta quarta-feira, em Maputo, no lançamento da primeira pedra das obras do projecto para melhorar a segurança e encerramento da lixeira de Hulene.

O projecto está orçado em noventa e dois milhões de meticais, e será tutelado pelo Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural.

A Directora Nacional do Ambiente, Ivete Mabasso, referiu que a iniciativa insere-se na Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Resíduos Urbanos.

Prevê-se que o projecto seja concluído em Junho do próximo ano.

Paulo Queirões, da empresa japonesa que vai executar as obras, explicou que serão usadas técnicas simples e de baixo custo para a encerrar a lixeira.

O presidente do Conselho Municipal da cidade de Maputo, Eneas Comiche, disse que o projecto hoje lançado vai permitir a buscar de ideias para se avançar com o encerramento de toda área da lixeira.

Moz News

Veje também:

Boneca Barbie: Dexei o meu marido porque ele me traiu e engravidou a minha mãe

Depois de se deliciar do dinheiro da campanha Fred jossias bombardea a Frelimo

Não deixe de ver:  Coronavirús: Nyusi anucia quarentena obrigatória

Related posts

Nyusi triplicou o número de empresas de sua família em apenas um quinquênio como presidente

Daycon Frans

VEJA QUAIS SÃO OS SALÁRIOS DE NYUSI, ZUMA, MUSEVENI, OUTROS PRESIDENTES E CELEBRIDADES

Daycon Frans

Última hora : Jugador da Juventus, dá positivo para coronavíros

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais