CIP coloca Verónica Macamo como uma das grandes cúmplices das dívidas ocultas

cUMPLICES DAS DIVIDAS
News

Com base na CIP, a assembleia da república legalizou as dividas contraídas de forma ilegal pelas empresas proindicus, no valor de 622 milhões e MAM em USD 535 milhões, perfazendo USD 1.157 mil milhões que o estado moçambicano deverá pagar como avalista, acrescido de juros.

 

Ao legalizarem as dividas os deputados da bancada parlamentar do partido frelimo hipotecaram o futuro de Moçambique, porque se pretende usar os lucros provenientes da exploração do gás da bacia do Rovuma para pagá-las.

Ao votar a favor da aprovação destas dividas, estes deputados são cúmplices, agora tem uma oportunidade única de voltar atrás e revogar a resolução que aprova a conta geral de 2015 que legaliza as mesmas.

Veja a lista de cumplices segundo o CIP la em baixo.

cUMPLICES DAS DIVIDAS

 

No âmbito do processo das dívidas ocultas, dez pessoas estão detidas de um total de 20 arguidos.

Entre os arguidos, além de Ndambi Guebuze, filho mais velho de Armando Guebuza, inclui-se o antigo ministro das Finanças de Moçambique e atual deputado da Assembleia da República, Manuel Chang, que aguarda detido na África do Sul uma decisão sobre pedidos de extradição dos EUA e de Moçambique.

O processo sobre as dívidas ocultas está relacionado com as garantias prestadas secretamente pelo anterior Governo moçambicano de mais de 2,2 mil milhões de dólares, entre 2013 e 2014, a favor de empresas públicas de pesca e segurança marítima.

A justiça moçambicana e a justiça norte-americana consideram que parte desse dinheiro foi usado para o pagamento de subornos a cidadãos moçambicanos e estrangeiros.

 

A CIP ainda diz que  a presidente da Assembleia da república, Verónica Macamo é a principal ofuscadora de todo o processo de investigação por parte dos deputados envolvidos.

Não deixe de ver:  A ex-esposa do jogador Manito fala pela primeira vez depois da traição e posterior separação

 

Fonte: Muxanga.com

Caso: Dívidas Ocultas

 

Related posts

TOTAL paga 3.9 Bilhões de dólares à Moçambique pela Anadarko

Daycon Frans

Que fazem militares russos em Moçambique?

Mário StifLer

Família da Sabina Manuel pede mais respeito com as fotos da finada

Mário StifLer

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais