Direitos dos autores reservados!

Ataque causa morte de 10 agentes das Forças da Defesa em Cabo Delgado

ATAQUES CABO DELGADO
News

Dez agentes das Forças de Defesa e Segurança (FDS) foram assassinados, semana finda, em três incursões dos insurgentes nas aldeias Ilala, Mitacata e na sede do Posto Administrativo de Quiterajo, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado.

 

Fontes, que revelaram a informação à “Carta”, contam que os ataques às posições das FDS ocorreram, em simultâneo, no cair da noite da passada quarta-feira (entre as 19 horas e as 19 horas e 30 minutos) e foram levados a cabo por um número não quantificado de homens, que se separaram em três grupos.

 

Durante o referido ataque, os insurgentes queimaram o Centro de Saúde local e o Posto de Controlo Militar. São ainda escassos os detalhes sobre os três ataques, mas imagens postas a circular mostram viaturas e blindados da Polícia incendiados, próximo de um acampamento das FDS. As fontes avançam ainda que os três locais estão separados por uma distância estimada de 1 km.

 

“Carta” foi informada ainda que, momentos antes de atacar a posição das FDS, os insurgentes queimaram, roubaram e vandalizaram maior parte dos bens da população de Mitacata. No ataque realizado na tarde daquele dia, garantem as fontes, os insurgentes levaram uma viatura pertencente a um comerciante local, tendo, de seguida, recolhido vários produtos alimentares, antes de incendiar todas as residências da vila de Quiterajo.

 

Dez deslocados de guerra morrem em naufrágio

 

Na sequência dos ataques, pelo menos 10 cidadãos, residentes na aldeia Mitacata, naquele distrito costeiro de Cabo Delgado, perderam a vida, em naufrágio, ocorrido na passada sexta-feira, nas águas do Oceano Índico, entre o Posto Administrativo de Quiterajo e o distrito de Mocímboa da Praia, quando tentavam fugir dos ataques que se verificam naquela região do país. Não se sabe quantas pessoas seguiam na embarcação, mas suspeita-se que a mesma tenha naufragado devido ao excesso de carga.

Não deixe de ver:  Partidos da oposição assinam pacto de união para denunciar ilícitos na votação

 

Fontes garantem que dois corpos terão sido localizados junto da praia de Ulo, no distrito de Mocímboa da Praia, tendo já sido realizados os respectivos enterros. Tentativas de ouvir as autoridades, na província de Cabo Delgado, acerca deste assunto, redundaram em fracasso. (Carta)

 

 

Não deixe de ver:

Empresário decapitado em Cabo Delgado e detenção de um envolvido

Ataques de Cabo Delgado estão se alastrando pelo pais

Trump quer Momed Bachir nos EUA o mais rápido possivel

Related posts

Simpatizantes do MDM Agridem Comandante da PRM, Homólogos da FRELIMO e RENAMO

Mário StifLer

Calou-se para sempre o criador da marrabenta “Wena unga yali”, Gabriel Chiau (1939 – 2019)

Mário StifLer

Liza James ainda com a ressaca do MBA

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais