Armando Guebuza ainda vai tocar muita guitarra nestes julgamentos

News

Quem disse que Guebuza não tem unhas para tocar a guitarra?

Armando Guebuza ficou pela noite fora, ontem, agarrado ao rádio e a ver noticiários das principais televisões mundiais. Queria ter, em primeira mão, notícias do seu “filho” Jean Boustani. E o libanês foi ilibado, para o gáudio de Guebuza e de outros frelimistas implicados na tramoia.

Há muito que Tchembene não se sentia vivo desde que começou esta saga que arrastou o seu filho Ndambi para a cadeia. Ontem sacou da garrafeira aquele uísque há muito guardado para ocasiões como esta, especiais. E puxou da guitarra. Começou a dedilhar agradecendo aos deuses e principalmente ao Governo de Filipe Nyusi que teve um papel preponderante ao iniciar o pagamento da dívida da Ematum e reestruturar da MAM e Proindicus. Isto jogou muito à favor da absolvição de Jean Boustani.

Culpar o libanês equivalia a julgar alguém por homicídio e condená-lo enquanto a suposta vítima anda por aí, vivinha da Silva. É isso. Como condenar Boustani por ter defraudado aos investidores se a Frelimo está a pagar?

Seja como for, Armando Guebuza tem que ter muita calma nas suas comemorações. Isto não termina por aqui. Manuel Chang, Teófilo Nhangumele e António Carlos do Rosário ainda são acusados pela justiça americana.

Pode sim, o Armando Guebuza, rejubilar-se para o caso aqui em Moçambique. É fraco. Não por falta de matéria. Mas porque quem manda nos tribunais é a Frelimo. Quem vai condenar exemplarmente Ndambi Guebuza? Quem? E como é que fica o New man e o próprio Guebuza? É areia demais para a camioneta da nossa falida justiça.

Poeira só por dizer!?

(Justiça Nacional, siga-nos no Facebook)

 

Não deixe de ver:

Não deixe de ver:  Jean Boustani visitará Moçambique logo que for retituído a liberdade

Justiça Americana prova o envolvimento de José Pacheco nas dívidas ocultas e pede prisão preventiva

 

Related posts

Vagas de emprego 30 de Agosto (Últimas do mês)

Mário StifLer

Gerente Detido após Remover panfletos da Frelimo no seu próprio estabelecimento

Mário StifLer

EUA aponta Guebuza como o «escorpião vicioso» e Luisa Diogo como colectora dos subornos da Frelimo

Mário StifLer

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais