Direitos dos autores reservados!

Amigo de Chang, Envolvido nas dividas é vigiado electrónicamente pela FBI

fbi
News

A economia de moçambique está sendo assolada por uma crise provocada, em grande parte, por um calote, onde várias figuras do topo contraíram secretamente empréstimos que foram tornados soberanos.

Portanto, há um homem neozelandês de nome Andrew pearse, que vive no Reino Unido, que também participou deste calote das dívidas ocultas.

 

Surgiu em julho uma polémica, por que Andrew pearse disse em tribunal de nova iorque perante o um juiz de nome William Kuntz, que Jean Boustani o informou que como parte esquema, pagou 50 milhões de dólares ao filho de Armando Guebuza, quera naquele temo o presidente da Republica.

 

“Pearse disse que Boustany teria dito a Privinvest que também pagou pelo menos 50 milhões ao filho do então presidente de Moçambique” diz um despacho de Patricia Hurtado da “Bloomberg” que reportou a audição do caso.

Ora, este Pearse está em liberdade mediante ao pagamento de fiança e pode ser condenado a mais de 20 anos de prisão.

 
 
Ele aceitou perder cerca de 2,5 milhões de dólares para o governo americano. Foi autorizado a voltar para a sua casa, porém é vigiado electronicamente e deve apresentar-se ao FBI uma vez por semana.
Não deixe de ver:  Eleições: Nhongo aparece depois de ataques a dizer que os disparos não vão parar

Related posts

Empresário decapitado em Cabo Delgado e detenção de um envolvido

Mário StifLer

Moçambique vai desligar no dia 31 de Dezembro todos os sinais análogicos de televisão para digital

Mário StifLer

A mulher mais bonita de moz ridicularizada pelos internatutas

Daycon Frans

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Está bem Ver Mais